Postagens populares

terça-feira, 29 de março de 2011

GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA

                       GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA 
   
A GRAVIDEZ PRECOCE NA ADOLECENCIA E UMA

DAS OCORENCIAS MAIS PREUCUPANTES RELACIONADA 

A SEXUALIDADE DA ADOLECENCIA COM SERIAS 

CONCEQUENCIAS PARA A VIDA DOS ADOLECENTES 

ENVOLVIDOS E DE SEUS FILHOS QUE NASCERÂO E DE 

SUAS FAMILHAS TAMBEM 
O comportamento sexual do adolescente é classificado de acordo com o grau de seriedade. Vai desde o "ficar" até o namorar. "Ficar" é um tipo de relacionamento íntimo sem compromisso de fidelidade entre os parceiros. Num ambiente social (festa, barzinho, boate) dois jovens sentem-se atraídos, dançam conversam e resolvem ficar juntos aquela noite. Nessa relação podem acontecer beijos, abraços, colar de corpos e até uma relação sexual completa, desde que ambos queiram. Esse relacionamento é inteiramente descompromissado, sendo possível que esses jovens se encontrem novamente e não aconteça mais nada entre eles de novo....
apesar que em inumeras vezes o casal começa "ficando" e evoluem para o namoro. No namoro a fidelidade é considerada muito importante. O namoro estabelece uma relação verdadeira com um parceiro sexual. Na puberdade, o interesse sexual coincide com a vontade de namorar e, segundo pesquisas, esse despertar sexual tem surgido cada vez mais cedo entre os adolescentes 

O adolescente, impulsionado pela força de seus instintos, juntamente com a necessidade de provar a si mesmo sua virilidade e sua independente determinação em conquistar outra pessoa do sexo oposto, contraria com facilidade as normas tradicionais da sociedade e os aconselhamentos familiares e começa, avidamente, o exercício de sua sexualidade. 

Há uma corrente bizarra de pensamento que pretende associar progresso, modernidade, permissividade e liberalidade, tudo isso em meio à um caldo daquilo que seria desejável e melhor para o ser humano. Quem porventura ousar se contrapor à esse esquema, corre o risco de ser rotulado de retrógrado. As pessoas de bom senso silenciam diante da ameaça de serem tidas por preconceituosas, interessando à cultua modernóide desenvolver um cegueira cultural contra um preconceito ainda maior e que não se percebe; aquele que aponta contra pessoas cautelosas e sensatas, os chamados "conservadores", uma espécie acanhada de atravancador do progresso. 

As atitudes das pessoas são, inegavelmente .estimuladas e condicionadas tanto pela família quanto pela sociedade. E a sociedade tem passado por profundas mudanças em sua estrutura, inclusive aceitando "goela abaixo" a sexualidade na adolescência e, conseqüentemente, também a gravidez na adolescência. Portanto, à medida em que os tabus, inibições, tradições e comportamentos conservadores estão diminuindo, a atividade sexual e a gravidez na infância e juventude vai aumentando.                                         aborto na adolecencia....
Aborto na adolescência é uma decisão que terá um grande impacto na sua vida, quer você decida abortar ou dar à luz. Certas pessoas que você conhece vão escolher apoiar a sua decisão, outras vão condená-la, mas esta é uma decisão sua e você vai viver com as suas consequências pelo resto de sua vida. Uma vez que o aborto tiver sido feito, não pode ser desfeito jamais. A criança está morta. Então tire um tempo para pensar e saber exatamente o que você está fazendo com o seu corpo e com a vida que está crescendo dentro de seu corpo. Se você decidir continuar a gravidez e trazer uma criança para esse mundo, você vai sofrer criticismo inconveniência Um aborto na adolescência ainda continuará afetando você muito tempo depois do procedimento. Inicialmente, você vai sentir cólicas por causa do excesso de sangue se descarregando do seu corpo - semelhante, mas não tão forte quanto as dores sentidas durante o trabalho de parto. Este efeito físico pode fazer com que você sinta um vazio emocional como nunca antes. Esse vazio é o início da depressão que os estudos afirmam que pode durar pelo resto da vida
             
 ISSO EO CORRETO  ????
Aborto na adolescência mata uma vida inocente. Você existe porque sua mãe escolheu dar à luz a você. Você pode fazer o mesmo pelo seu filho? A criança que ainda não nasceu está viva? Microbiologia diz que sim! A lógica diz que sim! A Bíblia diz que sim! Na verdade, a Bíblia diz que você foi formada no ventre de sua mãe e que Deus te conhecia antes de você nascer (Salmo 139:13-14). Pense bem antes de ter um aborto! Busque amor e apoio neste momento difícil!


filho uma dadiva um presente de deus pensem bem você tem a vida nas suas maôs...



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário